3 passos para Acabar com o Tá Caro na Fotografia

Existe uma coisa muito chata quando lidamos com clientes que é quando o cliente diz ‘Tá caro”.

Pensando nisso, preparei para você 3 passos para Acabar com o Tá Caro na Fotografia.

Passo 1 – Mostrar o Valor do seu trabalho de maneira estratégica

Ao contrário do que muitos profissionais pensam, mostrar valor não é mostrar o preço. Valor é o que o cliente espera sentir com o seu trabalho.

Se você acha que somente “registrar momentos” é valor, saiba que seu cliente espera muito mais de você.  Valor para ele é toda uma experiência que começa desde o atendimento e vai até a entrega do trabalho.

A partir de hoje não venda apenas imagens, venda experiências. Essa é a melhor forma de se diferenciar e criar um valor inestimável para sua fotografia.

Sabendo que o preço de um café gira em torno de R$3 a R$4 em média. Sabendo disso, você aceitaria pagar de R$8 a R$15 em outro café?

Se você pensar racionalmente a resposta é não.

Mas seu te disser, que esse café é diferente. Não é só o café. É você estar em um lugar legal, descolado, onde você se sente a vontade e pode se desligar um pouco do mundo externo.

Você vai me dizer, mas Leo! Aí não é só o café. É toda uma experiência… Claro que aceitaria pagar mais CARO!

Marketing para Fotógrafos

Bingo, você matou a charada. Valor é isso. É você ir além das características do seu produto. É você criar toda uma experiência e claro mostrar isso para o seu cliente.

Se você quer saber COMO FAZER isso na fotografia basta entrar no nosso Grupo de Conteúdo de Marketing para Fotógrafos

 

Passo 2 – Ancore seus Preços para ter uma percepção de valor clara

Ancorar preços? O que é isso? Ancorar preços é fazer uma comparação sutil de preços.

Uma técnica muito utilizada é a de quebrar o preço em pedaços.

Isso, em pedaços de tempo, que pode ser anos, meses, dias etc. Então, por exemplo, você pode expor seus preços quebrando ele em meses.

Imagine que você cobre R$10000 pela fotografia de casamento, e que sua fotografia é para uma vida toda, logo, você pode quebrá-la em meses. Imagine 35 anos x 12 meses = 420 meses.  Dividindo o valor da sua fotografia, 6000 pelos meses 420, logo o custo por mês é menor que R$24 por mês.

Então você pode dizer ao seu cliente que é um trabalho que custa menos que uma pizza por mês.

Outra técnica de comparação é a comparação direta. Você compara seu produto com algo de valor para o seu cliente

Por exemplo, você pode comparar o preço com uma viagem que seu cliente faz todos os anos. E o que é melhor, viajar uma única vez ou ter lembranças de um dia único para ávida toda?

 

Passo 3 – Argumentação Inteligente

O que apavora muitos Fotógrafos é exatamente O que fazer quando o cliente diz: “TÁ CARO”.

A primeira coisa que você tem que fazer é não se apavorar. E sim entender o que é caro ou barato para o seu futuro cliente.

Será que ele entendeu a sua proposta? Será que percebeu seus diferenciais?

Então você pode perguntar, “Está caro em relação a quê?” ou “O que é caro para você?”.

As respostas dadas pelo seu cliente vão nortear a sua avaliação sobre o que ele realmente valoriza.

Então garanto a você, que o motivo principal que faz contratar você não é o Preço e sim o Valor que percebe em todo o seu trabalho.

 

Você quer aprender mais sobre como gerar valor e fazer o cliente perceber que sua fotografia não é cara? Acompanhe o Como acabar com o Tá caro no nosso Grupo de Marketing.

 

Espero por você no Wedding Brasil 2017!

GRÁTIS - Receba dicas de Marketing para Fotógrafos