Como o fotógrafo pode ganhar ao emitir nota fiscal

Por muito tempo a Fotografia não foi vista como uma profissão de fato e, sim, como um simples hobby.

Acontece que os tempos mudaram (ainda bem) e hoje o mercado fotográfico está lotado de novos profissionais da área. Até aí, nenhuma novidade, correto? Mas você já parou para pensar em quantos destes mesmos profissionais tomaram a decisão de formalizar o seu trabalho, ter nota fiscal para emitir aos clientes e quais os prós e contras de tudo isso?

Hoje, você irá aprender sobre:

  • O que é o MEI?
  • Por que se formalizar
  • Vantagens e desvantagens da formalização
  • Passo a Passo para se formalizar com o MEI
  • Como e quando emitir nota fiscal
  • Ganhos com a emissão de nota fiscal

O que é o MEI?

Primeiramente, você precisa saber que a sigla MEI significa Microempreendedor Individual e que esta vem sendo a alternativa que muitos profissionais estão optando para deixar o trabalho informal para traz.

Confira : Aumente o tráfego do seu site e atraia mais clientes de Fotografia

 

Por que se formalizar?

Bem, dentre todos os motivos que levam um profissional a se formalizar, o principal é, sem dúvida, não perder mais nenhum cliente por não ter uma nota fiscal para emitir. Ao tornar seu trabalho formal, você acaba passando uma credibilidade muito maior para o cliente que decide contratar seus serviços, já que você possuirá um CNPJ e poderá emitir nota fiscal. Conseguindo assim o respeito e a segurança que você quer estabelecer neste contrato, correto?

Confira : Como começar um negócio de Fotografia

 

Olha o Passarinho

Olha o Passarinho

Vantagens e desvantagens da formalização

Entre as vantagens de ser um MEI, está a facilidade para abrir uma conta bancária após o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e ficará isento de taxas como o Imposto de Renda. Além disso poderá abrir muitas portas fechando contratos com empresas privadas e públicas.

Sobre as desvantagens, muitos profissionais apontam que se tornar um MEI não parece algo realmente eficaz, já que não vêem problemas em continuar na informalidade e não precisam pagar os pequenos impostos (por volta de R$ 57,10 para comércio ou indústria e R$ 62,10 para casos de prestação de serviços) que a formalização implica.

Confira : 3 dicas para definir o seu público alvo de Fotografia e vender muito mais!

 

Passo a Passo para se formalizar com o MEI

O primeiro passo é saber quanto você ganha por ano. Atualmente, um profissional pode se tornar um MEI se ganhar no máximo o valor de R$ 60 mil, claro esse é o valor máximo declarado com a emissão de notas fiscais. Você pode saber todos os valores aqui. Para que a formalização do seu trabalho ocorra, você deve se inscrever no Portal do Empreendedor. É válido compartilhar com você, leitor, que o SEBRAE possui um curso online para aprender todas as etapas de um MEI e é totalmente grátis.

Confira : SEO para fotógrafos – Atraia mais clientes

 

Como e quando emitir nota fiscal

Uma das características do MEI é a emissão de notas fiscais, Por exemplo: se o MEI vender seu produto para uma empresa, então ele obrigatoriamente deverá fazer a emissão. E isso certamente abrirá muitas portas para o seu negócio de fotografia.

Confira : 6 dicas para montar o seu site de Fotografia

 

Quais os tipos de nota fiscal?

Agora que você já sabe quando deve emitir a sua nota fiscal, também é necessário entender quantos e quais os tipos de NF existentes.

  1. Nota Fiscal Eletrônica (NF-e): O seu uso não é obrigatório, mas, se o MEI escolher está opção, deverá agir de acordo com as mesmas normas que uma empresa que não adotou o sistema de MEI’s.
  2. Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e): Opção gratuita e funciona da mesma forma que a nota avulsa impressa, mas não é aceita em todos os estados.
  3. Nota Fiscal de Prestação de Serviço: Como o próprio nome já nos informa, é a nota utilizada no momento em que o Microempreendedor presta o seu serviço à empresa contratante.
  4. Nota Fiscal de Venda a Consumidor: Alternativa para a venda de produtos e necessita da autorização da AIDF (Autorização da Impressão de Documentos Fiscais) além de seguir corretamente as regras de impressão.

 

 

Ganhos com a emissão de nota fiscal

Recapitulando, o que falamos para você no tópico de vantagens de emitir uma nota fiscal vale como um dos principais ganhos ao optar pela emissão da nota fiscal. Algumas cidades desenvolveram projetos como a “Nota Fiscal Paulista” que devolve 30% do ICMS efetivamente recolhido pelo estabelecimento a seus consumidores. O que você ganha enquanto emissor? Bem, as pessoas serão estimuladas a procurar por serviços que apresentam a nota fiscal e, se você já estiver fazendo isso, a chance de conseguir cada vez mais clientes só irá aumentar!

Confira : 3 dicas para definir preços para fotógrafos

[monkeytools msnip=”http://popupmonkey.com/popup/294/352.js”]

GRÁTIS - Receba dicas de Marketing para Fotógrafos

4 Comentários

  1. Matheus

    Leo, tenho uma dúvida.
    Eu fotografo eventos sociais para pessoas físicas. Portanto, não tenho a obrigação de emitir notas fiscais, apenas entrego um recibo.
    Nesse caso, eu não preciso informar esses rendimentos, já que não estarei emitindo nota fiscal?

    • Não precisa realmente. Mas ter um CNPJ através do Mei garante uma confiança e credibilidade quando o cliente te compara com outros fotógrafos.
      Além disso você pode diversificar fotografando eventos de empresas e formaturas. Nesse caso vai precisar de notas fiscais.

      Abs
      Leo

  2. Felipe Nascimento

    Oi Léo!
    Bem legal suas dicas, mas eu tenho uma dúvida.
    Eu já contribuo como Mei e estou numa expectativa de, em breve,
    não me enquadrar mais nessa categoria.
    Você saberia me dizer em que categoria nos encaixamos como
    micro empresa?
    Abraço!
    Felipe Nascimento

    • Oi Felipe,
      Obrigado!
      Torço que ndeixe de se enquadrar no Mei o quanto antes. É sinal que você está prosperando.
      Após o MEI, a categoria que você se encaixará é o de Micro empresa optante pelo Simples.

      Indico que consulte um contador para maiores informações.

      Abs

      Leo

Deixe uma resposta para Leo Castro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *